Caracterização da Sociedade atual

Trust exemplo

“Caros Leitores será assim tão difícil caracterizar a sociedade atual?

A meu ver não, e vou correr o risco de o fazer. Os meus Leitores dirão se estou desfocado da realidade ou não. Submeto-me ao vosso julgamento e opinião.

Infelizmente nesta Sociedade Global, muito desequilibrada em todos os sentidos, assistimos a muita indignidade para com os Seres Humanos, com muita indiferença e muita arrogância de quem se diz inteligente e evoluído. O esforço de uns (que pretendem resolver o problema) acaba, muitas vezes, anulado por aqueles que atribuem outras prioridades. Uma grande parte da população não se alimenta condignamente e não tem acesso a água potável. Muito menos a uma Educação que lhes permitiria aumentar a sua capacidade de discernimento e de resolução de problemas. Os Valores Humanos são transmitidos de um modo muito deficiente e não estruturado. Mas onde ainda existe muita escravidão Humana (46 milhões de Pessoas em todo o mundo) explícita, e muita ainda encapotada, com Direitos Humanos reduzidos ou ausentes. Onde as Pessoas, para ‘ganharem a vida’, se sentem constrangidas a ceder na sua integridade.

Povos ancestrais, com culturas milenares, que deveriam ser acarinhados à distância e protegidos das práticas agressivas da Sociedade, acabam completamente abandonados e desprotegidos pelos Estados, porque nem sequer têm voz ativa nem peso nas decisões, que muitas das vezes são contrárias ao poder do dinheiro. Entretanto, os Estados fazem tudo para os integrar nesta Sociedade e consideram isso como normal.

Por outro lado, no mundo dito civilizado, comportamo-nos como espectadores ‘serenos’ desta Sociedade de deprimidos e alienados de TUDO o que é representativo do Ser Humano, que consideram chato, careta ou fora de moda. Onde o stress e o preconceito predominam como Valores deturpados de uma atividade, sem consideração pelo ritmo de cada um, por maior valorização da competitividade em detrimento da real capacidade da Pessoa. Porém, valoriza-se mais o culto da personalidade imaginária e vazia de conteúdo que está presente em grande parte das ocasiões da Vida. Onde as Pessoas ricas de dinheiro têm pouco Valor Humano e não possuem empatia por aqueles que possuem menos. Acaba predominando a ganância, arrogância e falta de perspetiva de Futuro condigno para os mais pobres. Onde a Educação tem de ser paga a ‘peso de ouro’ para permitir desenvolver capacidades profissionais que acabam por ser praticadas com pouca ética. Mesmo assim, está desfocada do Futuro da Humanidade, concentrando-se no Futuro dos mercados.

Não nos podemos esquecer que nesta Sociedade Global praticamos o culto da violência e da agressividade para manter o poder, seja em jogos, seja nos programas televisivos, na comunicação social, no bulling e na vida do dia-a-dia. Onde a frustração por não TER é maior de que não SER. Desenvolveu-se o consumismo como prática de Valor e o dinheiro como prática de PODER. Onde a grande maioria dos Políticos considera essa prática como normal e desejável, em consonância com Pessoas ricas mas de poucos escrúpulos Sociais.

A Biosfera é encarada como um recurso que pode ser explorado sem limites e não como uma entidade de Vida complexa que deve estar sujeita às leis da sustentabilidade global.

O mais grave de toda esta realidade está na ausência quase total de Valores Humanos (Desvalores), sem que isso seja considerado grave nem objeto de melhorias estruturadas. Considerando até que qualquer intervenção nesta matéria vai contra as Liberdades pessoais, deturpando o conceito de Liberdade. Pois aceita-se como válido uma Liberdade desvalorizada em detrimento de uma Liberdade criativa e efetiva.

A Educação das crianças e jovens é deixada ao sabor dos caprichos desta Sociedade, desfocada do Futuro, e que em vez de ter tendência para melhorar se aperfeiçoa nos Desvalores e na descaracterização Humana, sob uma capa de criatividade funcional.

Esta é a triste realidade Humana Global que muitos, talvez a grande maioria das Pessoas ditas civilizadas, consideram como NORMAL e não fazem qualquer esforço para mudar ou alterar os Padrões desta desumanidade.

NÃO, NÃO, NÃO meus caros Leitores eu não pactuo com esta realidade, nem com o conceito que aquilo que se está a passar é normal e típico da Natureza Humana.

Esta realidade não é digna de Seres Humanos que se dizem inteligentes e na prática só fazem asneiras, desvalorizando o Ser Humano para a condição de adaptável e submisso, no pior sentido da dependência. Não valorizam sequer as mudanças de Paradigma desta Sociedade podre e sem objetivos de um Futuro digno.

Considero que o Valor Humano deve substituir na íntegra o atual valor do dinheiro por razões que considero óbvias. E o meu caro Leitor já pensou nisto, ou considera que não tem nada a ver com esta realidade? Considera que não se deve MUDAR para uma Sociedade com Valores Humanos e onde o Ser Humano adquire uma maior plenitude de SER sustentável? Considera que vivemos em Liberdade e que esta prática é a que melhor defende os interesses do Ser Humano?

É esta ausência de opinião, de empenho na mudança e na construção de um Futuro mais digno para TODOS, que me CHOCA TODOS OS DIAS.

O Estado demite-se das funções de acompanhar e zelar por aquelas Pessoas que têm problemas mentais sérios, ou problemas de doenças especiais que causam dependência total. Demite-se quando não apoia condignamente a condição de idoso dependente, e ‘lava as suas mãos’ dos problemas que daí resultam para a Sociedade. Mais ainda, mantém pessoas com carater e personalidade de psicopata em pontos-chave da administração, porque considera que essa é a característica de um líder.

Mais, o Estado coloca as Pessoas de mais baixos recursos a pagar as crises financeiras provocadas por aqueles que detêm o dinheiro e o utilizaram para práticas pouco dignas (mas infelizmente algumas consideradas legais). O Estado deveria ser considerado, em qualquer circunstância, uma Pessoa de Bem, mas a realidade diz-nos que perde constantemente a Razão no modo pouco Humano como atua, na Educação, na Saúde dos Cidadãos e na Justiça.

Estas são algumas das Razões que me levaram a escrever sobre o Valor Humano e que considero que deve passar a constituir um sistema estruturado que governe a Vida dos Seres Humanos, mudando definitivamente a realidade atual para um Paradigma mais Humanista.

E você, meu caro Leitor, vai continuar a defender o valor do dinheiro, porque considera que ele não contribui para estes problemas da sociedade atual? Considera que é um mal menor? Que se pode sobrepor ao Valor Humano?

Há Pessoas que me perguntam, – O sistema baseado no Valor Humano é justo para TODOS?

Eu direi que nenhum sistema de governança é justo para TODOS, mas aquele que defendo – VALOR HUMANO GLOBAL – é muito mais justo que o atual pois está focado no Ser Humano por excelência e no desenvolvimento sustentável, respeitando e considerando o Ser Humano, o seu Valor e a Biosfera.

Outra questão que me colocam relaciona-se com, – Será esta nova proposta Socialmente Igualitária, ou Restritiva?

A meu ver, o sistema que defendo DÁ igualdade de oportunidades para TODOS, competindo a CADA UM desenvolver as condições para uma maior Valorização como Pessoa e como Cidadão, de acordo com as suas capacidades. Como TODA a Sociedade estará vocacionada para o desenvolvimento do Valor Humano, NINGUÉM será tratado com indignidade social, mas sobretudo com Solidariedade Social.

Esta minha proposta só será restritiva para quem se comportar predominantemente pelos Antivalores ou por Desvalores Humanos, prejudicando sistematicamente a Sociedade ou as Pessoas em particular. Os psicopatas não terão a vida facilitada nem em liberdade. Aqueles que por desrespeito aos outros ou à Sociedade, preferirem desviar-se do Valor Humano terão que demonstrar frequentemente as suas tendências Humanas e razões da sua conduta, perdendo Valor.

Ao atual Sistema Financeiro Internacional (SFI) não será permitido exercer qualquer atividade, sob pena de perda total de liberdade. Ao sistema Político caberá controlar essas tendências e as atividades desviantes do Ser Humano e da Biosfera.

Os Políticos, como representantes do Povo, deverão ter uma conduta exemplar em matéria de Valor Humano. Existirá um Conselho de Ética Política que verificará constantemente a conformidade da atividade dos Políticos.

A tendência será no sentido de um Futuro com maior Valor Humano que o atual, maior sustentabilidade económica e para com a Biosfera. O sistema a desenvolver será dinâmico e progressivo.

A Biosfera será considerada como Entidade de Direito Próprio e será defendida internacionalmente de todos os desvios à sua sustentabilidade e preservação ambiental.

Ao Homem caberá a exigente tarefa de se transformar em Ser Humano imbuído de Valores Humanos, personalidade e caráter Humanos. ELE será o centro de toda a atenção e o seu VALOR determinará a Vida em Sociedade.”

Alfredo Sá Almeida                                                                                                      10 de Abril de 2015

Anúncios

2 thoughts on “Caracterização da Sociedade atual

  1. Pingback: A saúde mental é essencial numa sociedade de Valor Humano! | Valor Humano

  2. Pingback: Títulos dos Textos publicados no Blog | Valor Humano

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s