Porque é importante o Pensamento Crítico numa Sociedade de Valor Humano!

Groupthink

Como já tive oportunidade de escrever, em textos anteriores (*), os três pilares de sustentação da nova Sociedade Global de Valor Humano são: o Ser Humano, os Valores Humanos e a Educação.

Nesta Sociedade, tal como eu defendo (*), TODAS as Pessoas são suscetíveis de ser avaliadas por outras, com qualificação e certificação para tal, da qual resultará a atribuição de um Valor Humano.

“O sistema de avaliação é global e universal e é encarado com positivismo quer pelos avaliadores quer pelas Pessoas avaliadas.” – Alfredo Sá Almeida

O Valor atribuído a cada Cidadão é, também, um Valor económico que poderá ser trocado por produtos, serviços, formação, etc., necessários ao dia-a-dia de cada Um e à construção do seu desenvolvimento e do seu Futuro (*).

“Todo o Valor na Economia foi transferido para o Valor Humano. Os Seres Humanos possuem agora oportunidades IGUAIS para adquirirem Valor.” – Alfredo Sá Almeida.

O mundo global deixará de ter um sistema financeiro internacional (SFI) e dinheiro como valor na Economia.

Para uma maior compreensão deste meu raciocínio, recomendo aos meus Leitores uma leitura dos meus textos anteriores, onde é abordado com maior detalhe o método de funcionamento desta Sociedade paradigmática (p.f. ler (*)):

  1. “Valor Humano” – (https://saalmeida.wordpress.com/2015/03/20/valor-humano/);
  2. “Os Valores Humanos, os Antivalores e os Desvalores” – (https://saalmeida.wordpress.com/2015/03/30/os-valores-humanos-os-antivalores-e-os-desvalores/);
  3. “Características do Valor Humano comparadas com o valor do dinheiro” – (Características do Valor Humano comparadas com o valor do dinheiro);
  4. “Características de uma Sociedade baseada no Valor Humano” – (Características de uma Sociedade baseada no Valor Humano);
  5. “O Propósito do Valor Humano” – (https://saalmeida.wordpress.com/2015/09/04/o-proposito-do-valor-humano/).

Pelo facto de todo o funcionamento justo desta Sociedade de Valor Humano estar baseado num sistema de Avaliação de Pessoas em três vertentes – Pessoal, Profissional e Social – torna-se imperioso que cada Cidadão possua uma formação de base coerente, exigente e potenciadora de criatividade e excelência, onde os Valores Humanos são transversais a toda a Educação e a toda a Sociedade. Inerente a esta, estará o desenvolvimento do Pensamento Crítico de cada jovem que será aprimorado no adulto. Isto prende-se com o facto de se tornar essencial possuir competências de Pensador Crítico (ver fig.).

Pensador Crítico

(http://www.porto.ucp.pt/pensamento-critico?msite=15)

“O pensamento crítico consiste em analisar e avaliar a consistência dos raciocínios, em especial as afirmações que a sociedade considera verdadeiras no contexto da vida cotidiana.

Essa avaliação pode realizar-se através da observação, da experiência, do raciocínio ou do método científico. O pensamento crítico exige clareza, precisão, equidade e evidências, já que visa evitar as impressões particulares. Neste sentido, está relacionado com o ceticismo e com a deteção de falácias.” – (http://conceito.de/pensamento-critico)

Para mim torna-se evidente a importância desta vertente de Pensamento estruturado, dada a natureza desta nova Sociedade e dos relacionamentos Humanos que se pretendem de Valor.

6Cs Critical Thinking

(http://dtl3239.weebly.com/6cs-times-two.html)

Numa Sociedade de Valor Humano, faz ainda mais sentido que os focos principais estejam orientados para os 6C’s (ver fig. acima), a Cidadania, a Criatividade, o Pensamento Crítico, a Comunicação, a Colaboração e a Educação do Caráter. Não nos podemos esquecer que o fulcro é um sistema de Avaliação de Pessoas. E, se pretendemos ter um equilíbrio dinâmico, com tendência de evolução positiva nesta Sociedade, o Pensamento Crítico é uma chave mestra para esse desígnio.

(http://www.thinkwatson.com/the-red-model/red-critical-thinking-model)

Keys Critical Thinking

(Para Pensar de forma crítica, pense (R.E.D.) = R.A.T.Reconhecer Pressupostos; Avaliar Argumentos; Tirar Conclusões)

Este será fundamental para uma cuidada e correta Avaliação de Pessoas. Lembre-se que não estamos a JULGAR Pessoas, mas sim a AVALIAR o seu Valor Humano.

Apesar de na atualidade a Avaliação de Pessoas ter um caráter essencialmente Profissional (sobretudo a nível Empresarial) e ter uma vertente diferenciadora salarial, estando sujeita a ser aplicada por quotas (dado o esforço financeiro que implica), o sistema de Avaliação Pessoas que estou a defender para esta nova Sociedade aplicar-se-á a TODAS as Pessoas, não para as diferenciar salarialmente mas sim no seu Valor Humano, sem a preocupação de aplicar qualquer tipo de quotas.

É pelo facto das Pessoas possuírem Valor Humano, baseado num sistema de avaliação de caráter Humano, que nos devemos precaver com o Pensamento Crítico, contra erros sistemáticos e sistémicos operados por Pessoas com Valor mas desfocadas da essência do Ser Humano inteligente.

Se não o fizermos estaremos a deturpar seriamente o Futuro de toda uma Sociedade Global de Valor Humano.

critical-thinking1

Alfredo Sá Almeida                                                                                               23 de Maio de 2016

Anúncios

A necessidade de um Inconformismo de Valor Humano

Inconformismo3

No outro dia, em conversa com a minha querida companheira Angela Alem (https://angelaalem.wordpress.com/), falávamos da insatisfação do Homem e da capacidade que esta tem de mover o mundo. Lembrou-me que em tempos escreveu um texto sobre este tema “A insatisfação do Homem move o mundo”. Não podia estar mais de acordo com ela, sobretudo porque se trata aqui de uma insatisfação ativa.

No entanto, vou servir-me do meu espírito de pesquisador para reposicionar este importante tema no universo do Valor Humano, pois é nele que estou focado.

Veio, igualmente, à minha lembrança as palavras do meu amigo Prof. Nelson Lima sobre a matéria. Ele se apelida, e bem, de Inconformista. Afirma: “Precisamos mais é de melhorar a nossa condição humana pois já temos idade (200 mil anos de “homo sapiens sapiens”) para ter juízo.

Continuamos muito lógico-matemáticos (daí o progresso da Ciência e da Tecnologia) mas pouco interessados no progresso da moral, do carácter e das virtudes. Ora para quem se diz ter uma “alma”, ser crente em Deus e superior aos outros seres vivos é, no mínimo, de espantar.” – Nelson Lima.

Eu estou inteiramente de acordo! Prefiro o conceito de INCONFORMISTA ao de INSATISFAÇÃO pelo facto de ter um caráter mais ativo que passivo. Relembro as palavras de Platão:

Inconformismo2

É nesta dimensão de Inconformismo que o mundo está carente, sobretudo ativo com caráter de Valor Humano. A razão disto prende-se com o facto de assistirmos com muita frequência a Pessoas insatisfeitas mas que acabam por concretizar a sua insatisfação de forma errada e sem Valor. Apesar de ser um inconformismo não passivo, acaba não tendo consequência positiva para o incremento do Valor Humano.

Este, a meu ver, é o fulcro da questão. As Pessoas devem repensar sobre a inconsequência positiva dos seus actos. Não basta ser inconformista ativo. Se somos Seres inteligentes, conhecedores e bem informados, temos de desenvolver a nossa capacidade de argumentação para influenciar os nossos pares de modo positivo. Seja pela palavra, seja pelo exemplo.

Relembro o que tenho vindo a defender sobre a Inteligência e Consciência Coletivas. “Os Valores Humanos devem constituir os pilares do relacionamento interpessoal, consciência e Inteligência Emocional GLOBAL, numa integração inteligente de todos os Valores Humanos num SER que constrói a sua personalidade e o seu caráter, com sabedoria, educação e inteligências multifacetadas.” – Alfredo Sá Almeida (no texto “Consciência de Futuro Coletivo” do meu livro “Despertar para o Futuro”).

Gostaria de salientar o facto da maioria dos representantes de 1% da riqueza mundial também serem inconformistas ativos, mas sobretudo para ‘engordar’ as suas contas bancárias. As suas ações acabam por não ter repercussão no bem-estar coletivo, nem no bem-comum. Por outro lado, não ajudam a desenvolver o Valor Humano altruísta, preferindo concentrar-se noutras características Humanas de menor valor.

É caso para perguntar: “Será que o facto de os representantes dos mais ricos do Planeta estarem cada dia mais ricos, tem contribuído para um incremento significativo do Valor Humano?”

Espero que não me venham argumentar, que estes ‘representantes’ apenas querem aguçar as necessidades do Homem para que este se torne mais criativo!

Inconformismo1

“Observe bem estas fotos, que retirei do Facebook, e pense por que razão todos os Países do mundo não agem com o mesmo sentido de responsabilidade. São imagens recolhidas no Japão, em diferentes períodos históricos, mas que demonstram uma preocupação e uma vontade de um Povo em ser melhor e estar melhor preparado para o Futuro.

Todos os Países têm capacidade de o realizar, mas só alguns o fazem com dedicação e empenho.” – Alfredo Sá Almeida.

Foto superior: Um mês depois da bomba H em Hiroshima, 1945.

Foto inferior: Um mês depois do terremoto e tsunami, 2011.

Educação Japão

“Para conhecer o Universo da mente Humana você necessita da sua empatia, de outro modo ficará limitado na sua visão. O racionalismo puro não faz uma mente completa. Aventure-se, emocione-se, atreva-se, dedique-se, empenhe-se, ame e apaixone-se, verá que o Mundo contém belezas inexplicáveis que produzem bem-estar e criatividade.

Sobretudo, desperte para o Futuro pois ele também lhe pertence.” – Alfredo Sá Almeida.

Cada mente é um universo infinito

“…Porque, certos ou errados, cada um pode brilhar no seu tempo e fazer a compreensão da vida acontecer num diálogo constante, ainda que muitas vezes, e como é o caso, cada interlocutor intervenha expondo as suas ideias e conclusões entre longos, silenciosos e refletidos intervalos no tempo.” – Grácia Nunes.

Então meus caros Leitores, não será melhor desenvolvermos a nossa mente Inconformista ativa de Valor Humano?

Alfredo Sá Almeida                                                                                                      17 de Maio de 2016

A realização dos Sonhos e a Criatividade são a Alma do Valor Humano

sonhos-chaplin-e1431809480606

Uma mente sã em fase de Educação está necessariamente suscetível de ganhar sonhos que se podem propagar por uma vida.

Esses sonhos são o ‘motor’ que nos impelem para uma realização de projetos que nos enchem a Alma e nos dão uma motivação extra para encontrar os caminhos do Futuro. Esses caminhos têm uma forte probabilidade de nos tornar Pessoas plenamente realizadas durante o percurso de Vida.

Este é um desejo que deveria ser extensivo a todas as crianças e jovens deste Planeta. Infelizmente as situações de guerra, de escravidão, maus tratos, bullying, etc., apesar de não impedirem os sonhos, acabam prejudicando gravemente a realização dos mesmos.

No mundo atual, onde a competitividade está presente na grande maioria dos percursos de vida, a realização dos nossos sonhos implica (na grande maioria das vezes) a existência de uma capacidade criativa que nos ajude a catapultar para uma admiração saudável dos nossos pares.

A meu ver, sonhos em fase de realização e criatividade são uma ‘mistura’ suscetível de produzir bons resultados a médio e longo prazo.

Mas convém lembrar que uma Educação de qualidade, com inclusão dos Valores Humanos, contribui decisivamente para fazer a diferença para melhor, em todo este universo dos Sonhos e da Criatividade.

É desta matéria que está constituído o Valor Humano. A Humanidade de hoje está carente de muito Valor Humano orientado para um Futuro onde o Homem possa celebrar a dignidade de Ser Humano.

Gostaria de relembrar aqui um poema de António Gedeão – “Pedra Filosofal” – que dá uma dimensão ao sonho que considero esclarecedora:

“Eles não sabem que o sonho

é uma constante da vida

tão concreta e definida

como outra coisa qualquer,

como esta pedra cinzenta

em que me sento e descanso,

como este ribeiro manso

em serenos sobressaltos,

como estes pinheiros altos

que em verde e oiro se agitam,

como estas aves que gritam

em bebedeiras de azul.

 

Eles não sabem que o sonho

é vinho, é espuma, é fermento,

bichinho álacre e sedento,

de focinho pontiagudo,

que fossa através de tudo

num perpétuo movimento.

 

Eles não sabem que o sonho

é tela, é cor, é pincel,

base, fuste, capitel,

arco em ogiva, vitral,

pináculo de catedral,

contraponto, sinfonia,

máscara grega, magia,

que é retorta de alquimista,

mapa do mundo distante,

rosa-dos-ventos, Infante,

caravela quinhentista,

que é cabo da Boa Esperança,

ouro, canela, marfim,

florete de espadachim,

bastidor, passo de dança,

Colombina e Arlequim,

passarola voadora,

para-raios, locomotiva,

barco de proa festiva,

alto-forno, geradora,

cisão do átomo, radar,

ultrassom, televisão,

desembarque em foguetão

na superfície lunar.

 

Eles não sabem, nem sonham,

que o sonho comanda a vida,

que sempre que um homem sonha

o mundo pula e avança

como bola colorida

entre as mãos de uma criança.”

Sempre que me lembro dos meus sonhos de criança, este poema em forma de canção (https://www.youtube.com/watch?v=WWDjz6rHO-s) ecoa na minha mente e ajuda-me a encontrar a ‘bola colorida’, tão necessária para alimentar a chama que me iluminará pelo Futuro fora. Mas não me esqueço que esses sonhos envolvem a transformação da nossa Sociedade Global, numa crescente espiral de Valorização Humana, em busca de um Futuro digno de Seres Humanos.

John Lennon Sonho

Esta frase de John Lennon contém a essência do que tenho defendido, com o desenvolvimento do tema “Valor Humano”, para a construção de um novo Paradigma para a Sociedade Global.

Uma nova Humanidade só poderá ser uma realidade se aprendermos a sonhar em conjunto, com uma criatividade de equipa, que nos ajude a construir uma Sociedade de Valor Humano com a solidez evolutiva de um Homem Sábio.

É difícil eu sei, mas a grande maioria dos sonhos são difíceis de realizar e requerem uma resiliência construtiva para serem bem-sucedidos.

Vamos lá, meus caros Leitores, aprendamos a sonhar em conjunto em benefício de TODOS, cada um com a sua criatividade que se congrega para uma realização coletiva, digna de Seres Humanos com Valor.

Sonhos

Alfredo Sá Almeida                                                                                               9 de Maio de 2016