Educação em Valores Humanos

projeto-valores-logomarca

A Educação em Valores Humanos é uma matéria que requer constância nos propósitos e equilíbrio dinâmico na transmissão desses Valores. É muito mais que a simples transmissão de uma mensagem. É sobretudo o enraizamento de exemplos de valor acrescentado.

Um dos grandes problemas destas últimas décadas está relacionado com a negligência educativa em Valores Humanos. Admitiram que esses Valores se ‘propagavam por geração espontânea’. Na falta de exemplos concretos de Valor e orientação continuada, não se verificam progressos significativos. Na realidade a Sociedade só possuirá essa capacidade se for uma Sociedade estruturada como de Valor Humano, de outro modo acabará desvirtuando a dinâmica do processo educativo.

Quando os Líderes, os Dirigentes, os Pais, os Educadores e a Escola se demitem do processo educativo de Valores Humanos, só podemos esperar uma degradação da Sociedade. Uma Economia de Mercado e um Sistema Financeiro Internacional, tal como estão a vigorar neste mundo global, possuem uma maior capacidade ‘trituradora’ do Ser Humano do que de promoção da sua valorização.

Tal como mencionei no meu texto ‘A Dinâmica entre Valores e Direitos Humanos’“De acordo com a Unesco, para passar de uma geração a outra (25 anos), uma língua precisa ser falada por pelo menos 100 mil nativos. Pois bem, o mesmo se pode aplicar à passagem do testemunho de Valores Humanos, seja pela teoria ou pela prática continuada. Caso não o façamos esses Valores acabam por perder-se.”

Uma pergunta fulcral se impõe sobre esta dinâmica – ‘Que percentagem da população de um determinado País pratica livre, consciente e continuadamente os Valores Humanos em Sociedade?’

Não basta que um mínimo da Sociedade conviva naturalmente sob os Valores Humanos, é necessário que seja uma maioria significativa. Caso contrário a Sociedade não terá ‘massa crítica’ suficiente para uma dinâmica virtuosa em Valores Humanos.

“Só faz sentido apelidarmo-nos de Seres Humanos se integrarmos os Valores respetivos, caso contrário seremos elementos vivos da Biosfera sem o consequente caráter.” – Alfredo Sá Almeida

Alfredo Sá Almeida                                                                                    5 de Outubro de 2016

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s