A Humanidade não tem crédito do Planeta que habita

O dia do fim dos recursos

Fonte: (http://www.dn.pt/sociedade/interior/recursos-de-2017-esgotados-agora-e-a-credito-no-planeta-8678937.html)
Global Footprint Network (2017)

A Humanidade não tem crédito do Planeta que habita porque não é de confiança. Como poderia a Terra ter confiança em nós quando nos desligámos, espero eu que não seja irreversivelmente, da nossa Biosfera e nos tornámos predadores das outras espécies e perdemos a vergonha pelos nossos actos.

Se o Homem pretender transformar-se em Ser Humano tem de mudar radicalmente as suas atitudes para com a Biosfera e tornar-se ambientalmente sustentável nas suas atividades diárias.

Aliás, o Homem está a fazer com o Planeta aquilo que faz com o dinheiro – usa e deita fora. Falta-nos Consciência e Inteligência Coletivas para que possamos ter um Futuro Coletivo digno para a Biosfera que habitamos.

Os hábitos de consumo do Homem tornaram-se irresponsáveis e prejudiciais para a sua espécie e toda a Biosfera. Globalmente, para aquilo que consumimos necessitaríamos dos recursos de dois Planetas (e para muitos Países não seria suficiente) para sustentar o nosso modo de vida.

“Portugal, cuja atual pegada ecológica corresponde aos recursos de 2,3 planetas – se a humanidade consumisse ao ritmo atual dos portugueses, os recursos esgotar-se-iam a 10 de junho -, é um dos países que não ficam bem neste retrato.

Embora seja o nono país com a pegada mais baixa dos 28 da União Europeia, e esteja muito abaixo de “campeões” como a Austrália, que consome atualmente 5,2 Terras, os Estados Unidos (5), a Rússia (3,4), a Alemanha (3,2), a França (3) e até a Espanha (2,4), Portugal é um contribuinte líquido para a situação de insustentabilidade dos recursos da Terra. E alimentação e a mobilidade, respetivamente com 32% e 18% de peso na pegada ecológica do país, são duas das atividades que por cá mais contribuem para isso, segundo a organização ambientalista Zero.” Fonte: (http://www.dn.pt/sociedade/interior/recursos-de-2017-esgotados-agora-e-a-credito-no-planeta-8678937.html)

Muitos de nós reconhecem que não podemos continuar com estes maus hábitos e estes modelos de vida, mas coletivamente fazemos muito pouco ou quase nada para mudar esta situação. A nossa Inteligência (se é que a temos) diz-nos que devemos mudar URGENTEMENTE de Paradigmas da Sociedade. É necessário um “Despertar para o Futuro” (2014) (https://www.amazon.co.uk/Despertar-para-Futuro-ess%C3%AAncia-mudan%C3%A7a/dp/150281224X/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1501674304&sr=8-1&keywords=Despertar+para+o+Futuro) para começarmos a trilhar um novo caminho coletivo.

Considero que a Terra merece um Homem melhor para habitar a sua Biosfera. A perda significativa de Valores Humanos tem-nos tornado indiferentes, gananciosos, viciados e predadores. A Vida é um bem que o Universo não se pode permitir de perder. Ou nos alinhamos pelo caminho mais correto, em sintonia com o Universo, ou vamos perecer prematuramente sem termos demonstrado a nossa Inteligência Coletiva.

Alfredo Sá Almeida                                                                     2 de Agosto de 2017

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s